segunda-feira, 29 de março de 2010

Dia Segundo

18:27. Chove animadamente em Torres Novas. Estamos a ponderar se acendemos ou não a lareira da alcaidaria. O Tiago diz que os microfones vão captar o crepitar da lenha, mas eu não me importaria com isso. O canto dos pássaros a par com a chuva estão na eminência de fazer parte da "banda sonora". A Michelle Schocked fez questão de ter um coro de grilos no The Texas Campfire Tapes (1986)...

Os rapazes trabalharam da parte da tarde enquanto eu cumpria com as minhas obrigações no Museu Municipal Carlos Reis. Neste momento revejo material que compilei dos jornais torrejanos, de 1893 até 1950, para fazer um artigo sobre a actividade musical em Torres Novas ocorrida neste espaço de tempo.

Acabei de fazer 1 l de chá de cebola porque o frio de sábado está a manifestar-se na forma de uma faringite :(

19:18 - Nuno está a gravar percussões.

22h42 - Acabámos de chegar à cozinha/estúdio, vindos de jantar. A sessão de há pouco prolongou-se para além das 9h e houve quem pensasse pedir umas pizzas mas, porque somos conscientes, optamos por comida verdadeira. A sessão está a correr bem não há necessidade de ingerir plástico...
O Vasco não come peixe nem carne, mas está a conseguir alimentar-se bem (tendo em conta que não temos cozinheiro particular e não há um restaurante vegetariano). O Francesco, o Nuno, o Luís e eu optamos por peixe grelhado, saladas e sopa. O Tiago é uma boquinha abençoada, só que com gostos diferentes. Ontem escolheu picanha e já recebeu uma alcunha à conta disso!
O castelo à noite torna-se mais místico. A cidade iluminada, vista de cima, ainda mais bonita.
Sinto-me muito abençoada por estar aqui rodeada do melhor que existe.
Há pouco o Tiago mostrou-me a letra da 11ª canção. Guardou-a até poder e eu não pude conter uma enorme emoção. Os poetas têm este condão. O de saber despir existências com dignidade.

6 comentários:

  1. boa páscoa e boa música. ansioso por ouvir o novo disco. espero que seja tão bom ou melhor que o "Trás-os-Montes". um segredo: ainda sonhei que musicasse o soneto "Coimbra" - Ah! Ah! Ah!. não receie usar todos os sons que entiqueçam as músicas e já agora que tal usarem instrumentos tradicionais do mundo? é apenas um desafio, não pretendo ser metediço.
    boa páscoa para XII. gosto sempre que a fonte seja transparente. não alinho em areias movediças.

    ninguém (jorge manuel brasil mesquita)

    ResponderEliminar
  2. UM ESCARAVELHO PÓS-MODERNISTA

    bem frente ao espelho
    senta-se o escaravelho
    que ama meter o bedelho
    onde nunca é chamado.

    usa um baton felino
    e um triste tosco sino
    p´ra avisar da coragem
    que clona a miragem
    de um ciclo minado.

    saracoteia e faz o pino
    para enganar o tino
    de quem o ouve grasnar
    numa praça de pasmar.

    da chula que desconhece
    pula e nada acontece
    a não ser um mero riso
    de quem não tem qualquer siso.

    usa a rima como a culpa
    de quem nunca se desculpa
    perante o concerto torto
    de quem arde louco e morto.

    NINGUÉM (JORGE MANUEL BRASIL MESQUITA)- 30/03)2010 - bIBLIOTECA DE bELÉM.

    p.s. SERÁ QUE DÁ PARA MUSICAR aH! aH! aH!

    ESTA TRETA É PARA USO EXCLUSIVO DA NÉ LADEIRAS E DA BIBLIOTECA DE BELÉM.

    ResponderEliminar
  3. Leite quente com gengibre e mel!
    Gargarejos com a solução resultante da infusão da cebola oregãos e limão!
    A de menta e cravos-da-india também é muito boa!
    Comer frutas amarelas e alaranjadas, vegetais alaranjados e verdes para obter betacaroteno também é aconselhável! Pronto,contribuo com o que posso!!De gargantas percebo eu!! :))
    Beijos e continuação de felizes encantos!

    (Boa Páscoa,Jorge! ;)

    ResponderEliminar
  4. Boa! Bastante interessante a ideia de nos fazer chegar o dia a dia e a azáfama de fazer um disco. Não perderei o comboio, espero.
    :)

    ResponderEliminar
  5. XIIzinho obrigada pelas dicas preciosas. De gargantas percebes mesmo!
    Beijocas para todos :)

    ResponderEliminar

Dentro da nave

Astronomy Picture of the Day