sábado, 30 de outubro de 2010

Fuga

Aqui como em outro tempo o mesmo labirinto o projecto de voo em fase experimental a construção de asas que cada um tenta em qualquer céu sobre o mesmo mar quase a fundir no calor que necessitamos dos outros para cairmos incrédulos com o coração entristecido muito longe do que queríamos.

3 comentários:

  1. Faz parte da história,
    com a diferença, distinta diferença, que não dão ao mar o nosso nome... tempos labirínticos estes de frágeis fios feitos de asas...

    ResponderEliminar
  2. Bj* e vénia diante de palavras tão eloquentes. Tu devias ter escrito para os jacarandás!!!!

    ResponderEliminar
  3. Para quê escrever para os jacarandás quando posso escrever para ti??!
    Eu não sou eloquente sou tonta!! :))
    Beijo com (ir)reverência *

    ResponderEliminar

Dentro da nave

Astronomy Picture of the Day