terça-feira, 24 de maio de 2011

Grafitti ao fim do dia



Não se pode dizer que falamos para as paredes. Falamos com pessoas que são menos que paredes. Nem um risco de grafitti permitem. São obesas e fechadas essas pessoas-paredes. Gostam de estar paradas, vivem aborrecidas, preferem a sujidade instalada à tinta da China. Então, porque rabiscam no papel dos outros?

Sem comentários:

Enviar um comentário

Dentro da nave

Astronomy Picture of the Day