quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Reflexos




O poema é o encontro destas duas faces
 
de nenhuma substância quando no vazio do céu
 
os anjos se diluem com as mãos despojadas.



- António Ramos Rosa in As espirais do silêncio

Sem comentários:

Enviar um comentário

Dentro da nave

Astronomy Picture of the Day