domingo, 16 de outubro de 2011

Cumplicidades


Em todas as ilhas era a canção do vento e o esplendor de aves migratórias, dominando como senhores do céu e da terra: atentai na beleza de lentas aves marinhas, donatárias de espaços infinitos, que passaram, depois, a voar, em bandos, para outros silêncios...


Pedro G. M. Duarte in Manduna de João Tienne


Encontrei este livro que ofereci ao meu pai em 2000:
"Para o Pai, uma lembrança com história contada pelo melhor "inventor" de estórias de Cabo Verde".

Sem comentários:

Enviar um comentário

Dentro da nave

Astronomy Picture of the Day