domingo, 5 de julho de 2009

Segunda noite das festas

O Jardim das Rosas encheu.


Uma noite de lua-quase-cheia mais a temperatura agradabilíssima, ajudou à festa repartida por 3 palcos sucessivamente.


No grande, o Festival de Folclore com os 5 grupos anunciados. Vi uma das nossas voluntárias, que não pode auxiliar na cozinha por razões óbvias, a dançar com muita graciosidade as modas desta zona. Mas, sem dúvida, o Fandango é a ex-libris ribatejana. É admirável a rapidez e perícia daquele sapateado em jeito de "duelo".


Muitos jantares a servir. A verdade é que a música também incita a outras manifestações que não só a dança. As pessoas ficam com mais apetite! Foi o que aconteceu com a quantidade de jantares servidos até horas tardias.


As Tucanas começaram por volta das 23h (não posso assegurar porque andava de tabuleiro em riste). Assim que pude (depois dos cafés servidos) fui espreitar o palco 2 (a sorte que tenho é a nossa barraquinha ficar entre os dois palcos!).


Cinco miúdas lindíssimas, com uma proposta incomum fascinaram a audiência que dançava e pedia mais. A fusão triangular do canto e do ritmo levou-nos por caminhos encantatórios a perder de vista. A noite com as Tucanas ficou perfeita!


Voltei à realidade e fui dar continuidade ao meu serviço (assisti a 2 temas e o resto ouvi mesmo ali ao lado a bulir).

Os TNB actuaram no palco 3, que fica mesmo em frente ao nosso posto de trabalho. Um grupo de rap mas, confesso, não gosto de rap, embora o prefira ao hip-hop... experimente-se passar uma tarde com a MTV ligada. Tudo igual, dos gestos à pretensão do protesto, passando pela vulgaridade das dançantes/acompanhantes e aquele gosto inexplicável pelos oiros em forma de correntes, cachuchos, brincos e dentes revestidos a platina e, claro, os carros desportivos de gosto duvidoso, mas caríssimos. Eu fico a pensar: mas protestam sobre o quê???????????? Estão contra quem??????




Vejo e oiço uma coisa feita a metro, igual de cima a baixo, monótona, zangada e lamurienta. Samplam os que tiveram as ideias e metem por cima a falta delas... naaaaaa !
Quanto aos TNB achei-os preferíveis aos mega stars porque a arrogância e opulência era menor. Musicalmente, como digo, não posso opinar. O facto de não gostar deste género impede-me de ser imparcial.
Exemplos

1 comentário:

Dentro da nave

Astronomy Picture of the Day