domingo, 28 de março de 2010

Dia Primeiro


Alcaidaria do castelo de Torres Novas, fim da manhã. Iniciou-se oficialmente a gravação do meu próximo disco. As composições começaram a ser feitas há mais de 1 ano e os ensaios há cerca de 1/2.

O Tiago Torres da Silva enviava as letras por mail, outras vezes era a música que lhe aparecia na caixa do correio electrónico acabada de fazer. Temos uma forma muito nossa de trabalhar, conhecemo-nos muito bem. Ele sabe que eu gosto das estórias que conta e eu sei que ele gosta das canções que invento.

Quando se pensou em fazer um disco eu não estava nada segura... desde 2001 que vivia à parte disso e assim queria continuar. Mas, pensando em convidar o grupo de trabalho com quem eu mais gostei de trabalhar e depois de eles dizerem que sim, parti para a 2ª fase cheia de confiança.

O Nuno Patrício e o Vasco Ribeiro Casais disseram logo que queriam trabalhar comigo. O entusiasmo foi imenso quando nos vimos a trabalhar como há 10 anos. Eles foram o talento que concretizou "Da Minha Voz" e desde então ficou um carinho e respeito muito grande por estes "filhotes emprestados", músicos dedicados, responsáveis, versáteis e com muito boa onda!

Então, lá fui eu todos os fins-de-semana ensaiar para a Malveira, em casa do Nuno Patrício, onde era recebida com todos os mimos pela Lu e pela Xana (mãe e irmã do Nuno). Nunca saímos de lá sem um lanche apetitoso e no ambiente mais acolhedor que alguma vez conheci. Os cães e a gata também participaram desta energia crescente :)


Hoje estamos na alcaidaria do castelo, que foi gentilmente cedida pela Câmara Municipal, na pessoa do presidente António Rodrigues, que acreditou neste projecto. A ideia do disco ser feito aqui prendeu-se por 2 razões importantes:


1 - A minha permanente relutância de gravar em Lisboa... é preciso estarmos isolados e absortos do barulho, sujidade e porcaria que as cidades grandes têm. E sobretudo da energia malapata que se atira a nós! Gravar um disco é também registar momentos que me são sagrados. Ter um espaço consagrado à música, com pessoas do bem e no meu ambiente ajuda a que tudo se concretize como idealizei.


2 - Este castelo tem sido um local de muitos momentos introspectivos, assim como o Jardim das Rosas. É lindo, está muito bem recuperado, tem um jardim do Éden no interior e umas salas bem equipadas. Para aqui vim muitas vezes "pensar" nas músicas. Torres Novas é a minha casa e não poderia cantar melhor senão no meu meio, rodeada de conforto e paz que esta cidade me dá sempre.


O Luís Delgado trouxe o seu estúdio móvel que já se encontra montado, o Francesco Valente chegou de mais um concerto dos Terrakota, o Nuno e o Vasco da Nação Viralata e Dazkarieh, respectivamente. O Tiago Torres da Silva presença firme e constante, meus braço direito e "boca" já andou a carregar com as placas isoladoras e organizou o plano de produção. Hão-de chegar mais pessoas, mas isso é para ser dito na altura... heheheheh


5 comentários:

  1. Que boas notícias, Né ! Estou desejoso de ouvir o resultado.
    JP Secca

    ResponderEliminar
  2. :) ViiiiVaAaaaAAaaaa!!!!
    (Manifestado em alto aí em cima nas ameias do Castelo!!) Feliz que estou!!! Mui orgulhosa!!
    Tudo irá correr como não podia deixar de ser!!Beijoooss!! Agora é que vão ser elas... Eheheeheh

    ResponderEliminar
  3. ENCANTADO ! MARAVILHADO ! De Íntima Fracção à espera ...

    ResponderEliminar
  4. Obrigada pelas vossas palavras motivadoras :)
    Beijo no coração*

    ResponderEliminar

Dentro da nave

Astronomy Picture of the Day