sexta-feira, 9 de julho de 2010

Diário das Festas 5, 6 e 7



Calor e trabalho não combinam...
Noites fantásticas as que se têm vivido no Jardim das Rosas, mas melhor seria se fossem passadas na relva, com uma garrafa de água Fastio (passo a publicidade) e um leque gigante, o que não tem sido o caso. Entre escalas nas mesa e lavagens na banca da cozinha vai-se respirando e suando e sentindo na pele este excesso de graus celsius desmedidos.

Diabo na Cruz em www.ddpeso.net

Diabo na Cruz com B Fachada arrebatou o público, que se juntou à frente do palco e saltou e dançou e gritou e enfim, tudo o que se possa imaginar de contagiante e habitual nestas alturas. A banda iniciou o concerto com uma versão muito original do Eito Fora. Depois foram os sucessos cantados pelo público com o Diabo a atiçar.

Minyeshu em senduq.wordpress.com

Minyeshu na noite seguinte deu tudo de bom e de bonito que tem. É uma presença extraordinária. Dançou, distribuiu simpatia, explicou as várias etnias etíopes e pormenores culturais do seu país, ensinou refrões para o público cantar, elogiou o tempo e a forma amistosa dos portugueses, brindou-nos com algumas palavras em português, que aprendeu neste dia, incentivou à dança, enfim ela fez tudo para marcar esta noite. Da minha parte conseguiu! Alguns mais renitentes não saíram das cadeiras, mas outros desprenderam-se das pequenas vergonhas e soltaram-se sob os gritos triunfais desta beleza que nos foi trazida ao Jardim. Foi lindo!
 
Ontem cozinha comigo, muito pratinho e talheres para lavar que os jantares foram procuradíssimos. A sopa de peixe estava HUMMMMMMMMMMMMMMMMM. Dei dois beijos ao chefe Cerqueira porque ele merece todo o carinho. Não fosse a sua mestria culinária e a coisa não tinha tanta procura!
Foto de Rita Carmo
Anaquim fez das suas. Uma proposta descontraída, bem humorada, muito própria para noites de festas com sorrisos estampados.

Daqui a pouco vou iniciar viagem para Trás os Montes em direcção a Miranda do Douro, onde amanhã se celebrará o 465º aniversário da sua elevação a cidade. O dia é de muita importância para os mirandeses e eu fui convidada pelo presidente da Câmara, Artur Nunes, a participar dos festejos. Com muito gosto!!!
Lura em www.festivalmed.com.pt
Esta noite a Lura actuará pelas 22H e só a vou perder porque a viagem precisa ser feita pela fresca da noite.

O Diário das festas fica por aqui. Outras estórias virão!

2 comentários:

  1. Buona biaige (sin suberrolho beraniego), Né.
    Feliç die dieç de Júlio (més de la segada) na Tierra de Miranda (Nordeste Stramuntano).
    Saudaçones zde ls alredores de l Monte de la Luna.

    ResponderEliminar
  2. Cheguei! Fui todo tan special i emotibo. Mui calor subretodo houmano. Inesquecíbel!

    ResponderEliminar

Dentro da nave

Astronomy Picture of the Day