sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Dia de Elvis & David !







15 comentários:

  1. Boa noite, Né.
    Annie [1], nascida no dia de Natal, não podia deixar de celebrar connosco Elvis [2] e Bowie [3].
    Noutro grande, grande plano, Straub [4] continua a resistir.
    Feliz 8 de Janeiro, Né.
    ___

    [1] http://periodiccircumspection.blogspot.com/2009/01/evry-time-we-say-goodbye.html
    [2] http://periodiccircumspection.blogspot.com/2010/01/elvis-presley-faria-hoje-setenta-e.html
    [3] http://periodiccircumspection.blogspot.com/2010/01/david-bowie-faz-hoje-sessenta-e-tres.html
    [4] http://periodiccircumspection.blogspot.com/2010/01/jean-marie-straub-faz-hoje-setenta-e.html

    ResponderEliminar
  2. Dia de David!
    Sempre...

    Though nothing, will keep us together
    We could steal time, just for one day
    We can be heroes, for ever and ever.

    ResponderEliminar
  3. Ohhhh Dozinho e do Elvis também... aquela dança foi o começo de muita coisa!lol

    ResponderEliminar
  4. :) Bem sei! Mas as danças ao som de Bowie tomaram conta ,avassaladoras,do meu pensamento!Não consegui evitar!!
    Ainda por cima de manhã!!...

    Parabéns Elvis!

    ResponderEliminar
  5. Vi Bowie em Alvalade, em set/1990, com a tourné Sound+Vision. Foi o meu primeiro grande concerto. Dos melhores que vi até hoje. Na altura tocava com Adrian Belew, guitarrista dos King Crimson. Um espectáculo!
    Já Elvis... só posso dizer que não me diz nada.
    :)

    ResponderEliminar
  6. King Crimson!!! Grande concerto que deram em 1982 na primeira parte dos Roxy Music. Vi-os em Lisboa e no Algarve.
    O que me ficou do Elvis foi a sua rebeldia inicial e não a degradação dentro daqueles fatos em Las Vegas. Gosto da postura "desalinhada" e frenética com que cantava (como se pode ver nos vídeos). Gosto da ousadia com que enfrenta as câmaras. Estamos a falar de uma época de guerra fria bem cinzentona... Lembram-se do Bill Haley? Façam a comparação entre um e outro.
    Bowie é outra dimensão musical, que não dista tanto da atitude provocatória que começou em Elvis. Teve outra estrutura de gerir a sua arte, de se reinventar, de cometer excessos sem se destruir. Mas não deixa de ser curioso terem nascido no mesmo dia e de mexerem as ancas da mesma maneira...

    ResponderEliminar
  7. A pélvis d’Elvis causou danos irreparáveis; a de Ziggy Stardust, também.

    ResponderEliminar
  8. Gosto muito de uma versão de 'Space Oddity' na voz da Natalie Merchant, ex-vocalista dos 10.000 maniacs.

    ResponderEliminar
  9. Na voz de Natalie qualquer "trapinho" fica bem, quanto mais haute couture!

    ResponderEliminar
  10. Ao Murphy claro!!!! Mas esse está num pedestal MUITO MUITO ALTO e depois há o resto :))

    ResponderEliminar

Dentro da nave

Astronomy Picture of the Day