sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Oriana 5 de Maio de 2002 - 20 de Agosto de 2010




8 comentários:

  1. «Era uma vez uma fada chamada Oriana. Era uma fada boa e era muito bonita. Vivia livre, alegre e feliz dançando nos campos, nos montes, nos bosques, nos jardins e nas praias.
    Um dia a Rainha das Fadas chamou-a e disse-lhe:
    - Oriana, vem comigo.
    E voaram as duas por cima de planícies, lagos e montanhas. Até chegarem a um país onde havia uma grande floresta.
    - Oriana - disse a Rainha das Fadas -, entrego-te esta floresta. Todos os homens, animais e plantas que aqui vivem, de hoje em diante, ficam à tua guarda. Tu és a fada desta floresta. Promete-me que nunca a hás-de abandonar.
    Oriana disse:
    - Prometo.
    E daí em diante Oriana ficou a morar na floresta. (...)»
    (Sophia de Mello Breyner Andresen, A FADA ORIANA)

    Beijos, Né. Boa noite.

    ResponderEliminar
  2. :(( Oh meus Deuses...
    Que se anda a passar Maria???...
    A Oriana foi descobrir novos mundos,deixou mensagem ronronada no Céu.Estará presente em cada nascer do sol,para te lembrar que não se esquece... *

    ResponderEliminar
  3. "A partida é a nossa certeza,
    o reencontro a nossa esperança".

    ResponderEliminar
  4. Oração da Serenidade

    Concede-me, Senhor, a serenidade necessária para aceitar as coisas que não posso modificar, coragem para modificar as que eu posso e sabedoria para distinguir uma da outra – vivendo um dia de cada vez, desfrutando um momento de cada vez, aceitando as dificuldades como um caminho para alcançar a paz, considerando o mundo pecador como ele é, e não como gostaria que ele fosse, confiando em Deus para endireitar todas as coisas para que eu possa ser moderadamente feliz nesta vida e sumamente feliz contigo na eternidade. Amém.

    Bj* Razinha e Kássia.

    ResponderEliminar
  5. Em forma de dedicatória póstuma:

    QUE O VENTO TRAGA NO SEU DESGOSTO
    O GOSTO ETERNO DE SER ORIANA,
    DE OLHAR TERNO, DE FACE HUMANA,
    QUE VIVERÁ PARA ALÉM DO SOL POSTO.

    SERÁ BRISA, SERÁ CANTO E GOSTO
    DA NATUREZA QUE TODA SE UFANA
    POR A SENTIR TÃO FELINA E MUNDANA,
    POR SER ETERNA E NÃO O OPOSTO.

    QUE A BELEZA A GUARDE FELINA
    E PURA COMO ÁGUA CRISTALINA
    QUE SE BEBE CASTA E NOS CURA

    DA SEDE QUE A TODA HORA TE PROCURA
    PARA TE RECORDAR QUE A AMARGURA
    É UM RONRONAR DE ETERNA MENINA.

    Jorge Manuel Brasil Mesquita
    Lisboa, 23/08/2010

    ResponderEliminar
  6. Sinto muito, Né. Era lindíssima, e, certamente, permanecerá sempre na memória de quem com ela conviveu.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  7. No beirado do teu alpendre
    haverá sempre um gato
    que te lambe o sol das mãos.

    À noite refugia-se nos sótãos
    e caçar-te-á histórias
    de aves brancas fugidias.

    ResponderEliminar

Dentro da nave

Astronomy Picture of the Day